Cuidados Com Moto No Trânsito

moto

Dirigir com segurança no transito caótico de algumas metrópoles acaba se tornando uma tarefa do dia a dia, uma aventura a cada roda na estrada. Com o tempo, isso passa de aventura para rotina, onde as buzinadas altas, fechadas, retrovisores batendo e o emaranhado de carros apressados já não te assustam mais. Alguns motociclistas acabam trocando esta aventura por quatro rodas na hora de enfrentar os risco no transito no dia a dia.

O risco que os motociclistas assumem a bordo de uma moto é gritante, por isso devem sempre estar revestidos por equipamentos de segurança, como capacete, roupa adequada e luvas, para que estes riscos diminuam, mas acabam não cessando.

Por isso este texto busca alertar todos os motociclistas sobre os riscos que correm e relembrar “velhas” dicas que já são conhecidas por muitos, a fim de mostras quais os truques que os motociclistas devem usar no trânsito urbano:

Mantenha distância

Não sabemos quando um motorista irá mudar de faixa, pois muitos não usam a seta no momento correto, não sabemos quando uma porta pode ser abrir ou mesmo quando uma pedestre irá aparecer atrás de um veículo (fora da faixa), por isso manter a distância correta dos outros veículos e principalmente de carros é muito importante. Pode parecer bobagem e até meio óbvia, porém não é tão simples assim, alguns motociclistas ignoram essa “regra”  por não manter a distância ideal, e acaba ocasionando acidentes no trânsito. Por isso, prese pela segurança, esteja sempre alerto e na distância correta.

Vá com calma, sem pressa!

O desespero de estar em um trânsito muitas vezes infernal, pode gerar muita pressa, tanta que o motociclista se vê sedento para a luz vermelha apagar e logo em seguida pisar no acelerador, porém a realidade é outra. O piloto deverá esperar cerca de 3 segundos para sair logo após que o farol abrir para ele, alguns motociclistas e motoristas desrespeitam o sinal de pedestre e ocasionam acidentes nas grandes cidade, por isso vale a espera e a verificação antes de acelerar, isso irá diminuir o risco de atropelamento.

Não ande na direita, NUNCA!

Caso você esteja na famosa hora do “rush”, comumente as 18h da tarde, se deparará com um caos formado nas ruas, carros atravessando de lá para cá, corredor com espaço mínimo e ônibus trocando de faixa. Caso tenha se identificado com a situação, saiba que você não está sozinho, muitos motociclistas compram motos justamente para furar o trânsito e acham que irão sair por ai cortando pelos corredores a fora sem o menor problema, mas não é o caso, basicamente não há saída nesse momento e a paciência terá que ser sua amiga!

Tentar trocar de faixa, saindo enfim pela direita é uma opção muito arriscada, onde muitos motociclistas acabam por se acidentar, a direita, ou sarjeta, não é e nunca foi uma via, e não deve ser uma opção para o motociclista, mesmo na hora da impaciência.